No dia Mundial de Água: Governo Compromete-se na melhoria do acesso à água potável


No âmbito das celebrações do dia mundial de água assinalado a 22 de março, realizou-se na última segunda-feira, na cidade de Maputo, um encontro de reflexão em torno dos problemas e desafios que afligem o sector.

O evento que foi dirigido pelo Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos contou com a prestigiada presença do Edil de Maputo, Eneas Comiche, Quadros Seniores no Ministério, Parceiros de Desenvolvimento, Organizações da Sociedade Civil e de Ensino.

Intervindo na ocasião, o Ministro das Obras Públicas Habitação e Recursos Hídricos, João Osvaldo Machatine referenciou os esforços do governo, visando o cumprimento dos objectivos de desenvolvimento sustentável, com destaque para o número seis “assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos até 2030.

 “ Para a superação desse desafio O nosso governo definiu uma estratégia para aumentar até 2024 a cobertura de  abastecimento de água, para70% na zona rural e 90% na zona urbana , bem como aumentar os serviços de saneamento para  55% na zona rural  e 80% na zona urbana, aumentar a capacidade armazenamento através de  construção demais infra-estruturas  de retenção e regulação de água, garantir volume de água em quantidade e qualidade para o território nacional através de estabelecimento de acordos com os países com os quais moçambique partilha  os recursos hídricos” , assegurou o governante.

O momento mais alto da cerimónia central de celebração do o dia mundial de água foi a assinatura de acordos que visam o apoio ao Sistema de abastecimento de água na cidade de Maputo. O Presidente do Conselho Autárquico da cidade de Maputo, Eneas Comiche, enalteceu o contributo dos parceiros de cooperação em prol do desenvolvimento do município que dirige.

Convido aos outros parceiros a investirem em Maputo, e manifesto a minha abertura e a disponibilidade do Conselho Municipal para acolher iniciativas que concorram para tornar Maputo uma cidade mais bela, limpa, empreendedora e próspera”. 

Por seu turno, Os parceiros de cooperação aproveitaram a ocasião para realçar  a importância de uma  gestão cada vez mais aprimorada dos recursos  hídricos.

“ A actual pandemia da Covid-19  demonstrou como é importante ao serviço de abastecimento de água  e saneamento, a lavagem das mãos  é uma das formas mais eficazes para a prevenção desta pandemia, mas também de outras doenças de origem hídrica , a água é a base para a nossa vida, e para a toda nossa actividade social econômica , dependemos de uma profissão segura e limpa e de água para manter a nossa saúde, é importante considerar os interesses de todos os intervenientes  para uma gestão transparente e equitativa, para proteger as fontes de água para uso corrente e para as gerações futuras ”,apelou a  embaixadora  do Reino dos países baixos , Henny de Vries, nem representação dos parceiros de cooperação .

 

Este ano, as celebrações do dia Mundial é celebrado internacionalmente sob lema “Valorizando a Água”, equanto que a nível nacional a efeméride   celebra-se sob  lema    “PRESERVAR A ÁGUA, É VALORIZAR A VIDA”, uma mensagem que visa incentivar as populações a conservarem e defenderem o “precioso líquido”.