No Âmbito do “PRAVIDA”: Distrito de Magude Beneficia-se de Uma Represa


 
Na província de Maputo, a população da localidade de Matongomane, Posto Administrativo de Mahel, distrito de Magude, conta desde a última quarta-feira com uma represa, após reabilitação levada a cabo no âmbito do programa Água Para a Vida , mais conhecido por PRAVIDA , uma iniciativa presidencial que visa aproximar água potável aos moçambicanos.
 
Trata-se de uma infra-estrutura para retenção de água para o consumo e uso agropecuário, a mesma vem aliviar o sofrimento de mais de 1600 pessoas naquela região do país.
A cerimónia de inauguração desta infra-estrutura foi dirigida pela Secretária de Estado da província de Maputo, Vitória Dias Diogo que na ocasião referenciou que “a iniciativa PRAVIDA foi criada a pensar no bem-estar dos moçambicanos e no desenvolvimento agropecuário”.
 
Por sua vez, o Director Geral da ARA-Sul, Agência de implementação do projecto , Edgar Chongo, fala das intervenções levadas a cabo nesta represa.
“ As intervenções consistiram no tapamento do rombo principal para permitir o armazenamento de água, melhoramento das secções frágeis do dique para garantir a sua segurança estrutural e reposição da transitabilidade da via de acesso alternativo que liga os distritos de Magude e Chókwè” avançou o dirigente.
 
A infra-estrutura com capacidade de armazenar 4.7 milhões m³ de água, foi construída na década de 50 com objectivo primário de represar a água para o abeberamento do gado. Posteriormente passou a servir para irrigação de pequena escala e consumo humano, entretanto a mesma sofreu duas rupturas ocasionadas pelas cheias, sendo que a maior foi no ano 2000, por isso a necessidade de uma reabilitação profunda.